diarreia

4 dicas para controlar (e evitar) a diarreia

A diarreia pode se manifestar de forma aguda ou crônica e ocasiona bastante desconforto. Além de acabar interrompendo o seu dia a dia por ser uma doença inconveniente, pode ser desencadeada por diversos motivos, que podem ter origem psicológica ou patológica.  

Se você sofre com a diarreia frequente, preparamos 4 dicas para auxiliar no controle e até mesmo evitar que esse quadro continue ocorrendo e você não precise mais adiar os seus planos. 

Continue a leitura e fique por dentro. 

Quais são as causas mais comuns da diarreia? 

A diarreia pode ser causada por muitas razões. Desde intoxicação alimentar por vírus, bactérias, parasitas, ingestão de água contaminada, até alergias alimentares, doença celíaca, intolerância a lactose, acúmulo de estresse, ingestão exacerbada de álcool, bebidas com cafeína ou adoçantes, síndrome do intestino irritável, doença de Crohn e outros. 

Geralmente, o que mais causa a diarreia ainda são as intoxicações alimentares, que geram quadros de diarreia aguda acompanhada de desidratação, cólicas abdominais, calafrios, inchaço, náuseas e a necessidade de evacuação imediata. 

Como controlar e evitar a diarreia?

1. Hábitos alimentares saudáveis

Incluir na dieta alimentos saudáveis é uma forma de controlar e evitar episódios de diarreia aguda e crônica para quem sofre desse mal. 

Os maus hábitos alimentares como a ingestão muito rápida de alimentos, associada com uma grande quantidade de comida e a ingestão de ar enquanto comemos pode levar à má digestão. E a má digestão pode exigir demais do seu organismo que não conseguirá absorver os nutrientes como deveria, ocasionando a diarreia

Alimentar-se com calma é o ideal. Incluir na sua dieta alimentos com fibras e fugir dos carboidratos refinados também. Para quem tem alergias alimentares é fundamental ficar atento ao que coloca no prato. 

2. Controle o estresse e ansiedade

Diarreia por estresse e ansiedade são episódios clássicos de diarreia aguda. 

É fundamental incluir na rotina um tempo para si. Cuidar da mente é essencial para ter um organismo que funciona a todo o vapor e em sintonia. 

Práticas como meditação, yoga e exercícios diários ou semanais fazem a diferença e fortalecem o seu sistema digestivo, mantendo-o saudável. Além de estimular uma boa digestão. Dormir bem também é muito importante para eliminar a tensão e recarregar as baterias.

Para quem sofre de diarreia crônica, a psicoterapia pode auxiliar muito, principalmente se a diarreia está ligada a sintomas como estresse e ansiedade. Dividir os seus problemas com especialistas é fundamental para eliminar a pressão que está sob você. As doenças psicossomáticas apresentam sintomas físicos e a diarreia pode ser um deles. 

3. Incluir probióticos na sua dieta

Kefir, sopa de miso e alguns iogurtes são alguns alimentos naturais que possuem probióticos. Mas, se você não pode incluir esses alimentos na sua dieta, existem probióticos em cápsulas que você tomar para melhorar a sua flora intestinal. 

Lembrando que: você não deve se automedicar. Sempre consulte seu gastroenterologista para ter certeza da causa da sua diarreia e saber qual é o melhor protocolo terapêutico para a sua situação. Cada indivíduo possui uma microflora intestinal e o que pode servir para uma pessoa, pode não servir para outra. Por isso, é muito importante que você converse com o seu médico antes de experimentar qualquer coisa. 

Os probióticos são bactérias e leveduras vivas e boas que podem servir para auxiliar na imunidade do sistema gastrointestinal e ainda reformar a barreira protetora do intestino, reduzindo os quadros de diarreia

4. Evitar alguns tipos de bebida

Como citado acima, cada organismo funciona de uma forma diferente. Algumas pessoas possuem mais sensibilidade a alguns tipos de bebidas como, as que contém cafeína, adoçantes como o sorbitol, bebidas alcoólicas, bebidas energéticas e alguns chás. 

Pessoas com sensibilidades digestivas precisam estar atentas aos tipos de bebidas que ingerem e a quantidade também. Para saber quais delas podem desencadear quadros de diarreia e o que é melhor tirar da dieta alimentar. 

Se você tem quadros de diarreia frequentemente, procure um médico gastroenterologista para se certificar de que está tudo bem com a saúde do seu intestino. 

No nosso blog você pode ficar por dentro de diversos assuntos sobre a saúde do trato digestivo e intestinal e ainda tirar todas as suas dúvidas.

Diretor Técnico: Dr. Luiz Fernando Abrahão
CRMMG: 18674
RQE: 10553


Rolar para cima