7 problemas de saúde que a colonoscopia pode ajudar a detectar

A colonoscopia é um um tipo de exame gastrointestinal que utiliza uma técnica bastante similar à endoscopia digestiva. Porém, a colonoscopia analisa as estruturas dos intestinos em busca de infecções, pólipos, possíveis irritações de mucosa, diverticulites e tumores. 

É importante ressaltar que o câncer colorretal é um dos tipos de câncer que mais atinge as pessoas no nosso país, sendo o exame de colonoscopia recomendado para o público acima de 45 anos de idade como prevenção e sem idade determinada para quem já possui histórico na família. 

Para saber mais sobre a colonoscopia e como esse exame pode detectar diversos problemas de saúde precocemente, além de auxiliar na prevenção do câncer colorretal, continue a leitura. 

Como funciona a colonoscopia? 

A colonoscopia é realizada com o colonoscópio, que é um aparelho tubular e maleável com um câmera em uma de suas extremidades e que permite a visualização do intestino grosso e parte terminal do intestino delgado. Por meio do colonoscópio, o médico consegue visualizar as estruturas do cólon, a mucosa, identificar lesões e ainda remover pólipos e tecidos para biópsia, caso necessário. 

Quais problemas de saúde a colonoscopia consegue detectar? 

O exame de colonoscopia é uma ótima forma de identificar problemas de saúde em pacientes assintomáticos e sintomáticos de caráter grave, mas que podem passar despercebidos.  Os pólipos, por exemplo, podem evoluir para o câncer colorretal e, através da colonoscopia, pode ser realizada a retirada dos mesmos. 

Para quem possui histórico familiar de câncer colorretal, é importante fazer o exame de colonoscopia como forma de prevenção e manter os check ups em dia. Sintomatologias como sangue nas fezes, no papel higiênico ou no vaso sanitário ao evacuar podem ser sinais de algum problema intestinal que vale a pena ser investigado. 

Pacientes com sintomas, como dores abdominais de causa desconhecida, sangramento intestinal, diarreia ou constipação crônica, resultado de exame com sangue oculto nas fezes, suspeita de câncer de cólon, acompanhamento de retirada de pólipos, desconforto abdominal baixo, investigação de anemia ferropriva, são indicativos para buscar um médico especializado para a realização da colonoscopia

O exame pode auxiliar na detecção de: 

1. Colites

Que são inflamações do cólon decorrentes do uso de medicamentos ou substâncias que podem irritar a mucosa intestinal, doenças auto-imunes, falta de circulação sanguínea ou até mesmo radiação. 

2. Doença celíaca

A doença celíaca é uma doença auto-imune de caráter crônico que ocorre no intestino, causada pela reação ao glúten presente em alimentos e vem de predisposição genética. Seus sintomas clássicos incluem diarréia crônica, perda de apetite, distensão abdominal e desconforto e má-absorção intestinal de nutrientes. 

3. Diverticulite

Os divertículos são saculações que se formam na parede interna do intestino. Por vezes, estas saculações inflamam, o que caracteriza a diverticulite. 

4. Doença de Crohn

A doença de Crohn é uma doença inflamatória intestinal que acomete diversas pessoas e pode afetar qualquer parte do sistema digestivo. Seus principais sintomas são: diarreia crônica, febre, perda de peso, dores abdominais e presença de sangue nas fezes. 

5. Pólipos

Os pólipos são pequenos tumores benignos e em sua maioria inofensivos, mas podem sim se tornarem malignos e originar o câncer colorretal. 

6. Hemorroidas

As hemorroidas são classificadas como internas e externas e em até 4 graus diferentes. As hemorroidas internas geralmente são assintomáticas quando falamos em dor, mas podem apresentar sinais de sangramento, desconforto ao se sentar e quando não tratadas seu grau pode evoluir, levando a um maior desconforto do paciente. 

7. Câncer colorretal

O câncer colorretal, como já comentamos acima, é um dos tipos de câncer que mais afetam a população do nosso país e a colonoscopia é um dos exames que pode realizar a prevenção desse tipo de tumor maligno. Pessoas acima de 45 anos ou com histórico familiar devem buscar auxílio médico para realizar o seu check up completo e garantir que a sua saúde está em dia. 

Quando buscar um médico especialista? 

Ao sentir desconforto abdominal persistente, diarréia crônica, observar a presença de sangue nas fezes, principalmente se for escuro e quando houver suspeitas de úlceras, fissuras, colite, pólipos intestinais, doença de Crohn, retite, síndrome de intestino irritável, hemorróidas e etc. 

Buscar um médico especializado e uma clínica para realizar a colonoscopia é o ideal. Manter um acompanhamento médico para obter o protocolo terapêutico a fim de tratar o problema o quanto antes é o recomendável. 

Diretor Técnico: Dr. Luiz Fernando Abrahão | CRMMG: 18674 |RQE: 10553


Rolar para cima