dores estomacais

Dores estomacais: como evitar?

Atualmente, as dores estomacais ou desconfortos podem ser sintomas comuns entre diversas pessoas. Isso se dá principalmente devido ao estresse gerado pela rotina corrida que grande parte da população possui. 

Devido ao lifestyle agitado e turbulento, repleto de trabalho, com horários bagunçados, horas extras e rotinas regradas quase que inexistentes, as pessoas acabam por consumir alimentos industrializados, fast-foods, cafés e bebidas energéticas de maneira abusiva, entre outros, o que pode ocasionar uma série de problemas gástricos. 

Úlceras, refluxo, gastrites, gastroenterite e alguns tipos de câncer também podem ocasionar dores estomacais. E essas doenças também estão associadas ao uso abusivo de substâncias nocivas como fumo, álcool, uso de medicamentos, má alimentação,  ansiedade e estresse. 

Mas como evitar esses problemas e como saber o que de fato está acontecendo? Continue a leitura e fique por dentro do assunto. 

Como evitar as dores estomacais?

Para evitar as dores estomacais, você pode adicionar alguns novos hábitos a sua rotina além de consultar um médico especialista em gastroenterologia para se certificar de que as dores estomacais que você está sentindo não fazem parte de algum problema mais sério. 

1. Foque em uma alimentação mais saudável 

Fugir de alimentos industrializados, fast-foods, frituras e alimentos que agridem a mucosa gástrica é importante para evitar as dores estomacais. Uma dieta balanceada é o ideal para manter o pH do estômago e não agredir a mucosa. Principalmente se ela já se encontra machucada. 

2. Dores estomacais provenientes de estresse? 

Se as suas dores estomacais são provenientes de estresse ou ansiedade, é importante dar uma revisada na sua rotina e reavaliar se você não está se cobrando demais. Cortar algumas tarefas e tirar um tempo para você é importante para garantir o seu bem-estar e colocar a sua saúde em dia. 

Praticar atividades físicas ajuda a aliviar o estresse, o que você pode incluir na sua rotina, e, dessa forma, avaliar se as dores estomacais cessam. 

3. Beba água e evite o consumo de bebidas alcoólicas

Manter o seu organismo hidratado é uma ótima maneira de garantir o equilíbrio e o bom funcionamento do seu corpo. Evitar o consumo de bebidas alcoólicas ao sentir dores estomacais ou desconforto é essencial para que não haja piora ou exacerbação do quadro.

4. Nada de fazer jejum. Sua alimentação precisa ser regrada

Quem sofre de dores estomacais não pode fazer jejum ou pular refeições. Isso, porque quando ficamos muito tempo sem comer, o nosso estômago libera pequenas quantidades de ácido digestivo para trazer a sensação de fome e isso machuca a mucosa do órgão. Para quem já sofre de algum problema, as dores estomacais são ainda maiores.

5. Evitar mascar chiclete e procurar ter boas noites de sono

Assim como o item acima, o chiclete estimula a liberação de ácido estomacal, fazendo com que a mucosa do estômago sofra, pois o órgão não recebe de fato alimento nenhum para digerir. 

O mesmo acontece quando não se tem boas noites de sono, você sabia? Por isso, criar uma rotina de sono é importante e é uma ótima forma de evitar dores estomacais

Para quem sofre de dores estomacais com frequência é imprescindível que consulte com um médico gastroenterologista especialista para a realização de um endoscopia. É através desse exame que você será capaz de descobrir o que está ocasionando as dores estomacais e assim se tratar de maneira correta. 

Como comentamos no início do texto, as dores estomacais podem estar conectadas a diversas patologias do trato digestivo. Por isso, se elas persistirem, busque um especialista e dê início ao seu tratamento o quanto antes. 


Saiba como funciona o exame de endoscopia: tire todas as suas dúvidas e mantenha a saúde do trato digestivo em dia.

Diretor Técnico: Dr. Luiz Fernando Abrahão | CRMMG: 18674 |RQE: 10553

Rolar para cima