ligadura elástica

Ligadura Elástica: saiba tudo sobre esse exame

Para pessoas que possuem patologias hepáticas, hipertensão da veia porta e varizes esofágicas, a ligadura elástica pode vir a ser um tratamento essencial. 

E para quem possui hemorroidas e sabe o desconforto que elas podem causar, a ligadura elástica é uma forma de tratamento não invasiva (como uma cirurgia) e que apresenta altos índices de sucesso. 

Se você ainda não conhece esse procedimento, continue a leitura e fique por dentro do que é a ligadura elástica e como funciona. 

O que é ligadura elástica? 

A ligadura elástica basicamente é um procedimento endoscópico de tratamento para varizes esofágicas ou uma das formas de tratamento não cirúrgico para hemorroidas. 

As varizes esofágicas se formam geralmente em pacientes que possuem hipertensão portal, que é o aumento da pressão da veia porta, mais comumente decorrente da cirrose hepática, uma patologia que compromete o fígado. Porém, pode ocorrer por outras causas, também relacionadas ao fígado. 

Já a ligadura elástica para hemorroidas é uma opção não invasiva cirurgicamente de tratamento que possui o mesmo propósito que é controlar sangramento, diminuir a dor e evitar a trombose. 

Para que serve? 

Nas varizes esofágicas, a ligadura elástica serve para evitar e controlar sangramento. Já nas hemorroidas, o procedimento também serve para controlar sangramento, mas principalmente para diminuir a dor e desconforto. É uma opção não invasiva de tratamento para hemorroidas de primeiro e segundo grau. 

Os resultados da ligadura elástica para hemorroidas são tão positivos que, de acordo com a literatura médica, em média 80% dos pacientes que optam pela ligadura elástica acabam por não precisar de cirurgia. 

Como é feita a ligadura elástica?

Para os pacientes com varizes esofágicas, a ligadura elástica é realizada através de endoscopia digestiva alta. Sua principal ação é a compressão por elástico do vaso varicoso realizando a interrupção do fluxo sanguíneo, levando a necrose e retração, com diminuição do fluxo sanguíneo e reduzindo o risco de hemorragia digestiva.

O aparelho utilizado é semelhante a um pequeno revólver que dispara as bandas elásticas, as quais se prendem ao redor dos vasos varicosos com o objetivo de estrangular as varizes, a quais vão sofrer necrose e retração. 

Para o tratamento das hemorroidas, o princípio é o mesmo, porém a aplicação das bandas elásticas ocorre acima dos mamilos hemorroidários, visto que é uma área menos sensível devido à dor, necrosando o tecido que é ligado aos mamilos. Quando existe mais de um, o indicado é fazer um por vez. 

Já na ligadura elástica para as varizes esofágicas, as sessões do procedimento são repetidas até o desaparecimento completo das varizes e é preciso acompanhamento. Não se esqueça de que a variz de esôfago é uma manifestação da doença de base, geralmente um problema no fígado, que deve ser tratado e acompanhado.   

Indicações 

A ligadura elástica é indicada para pacientes que possuem alguma das patologias citadas acima, como varizes esofágicas ou hemorroidas de primeiro e segundo grau. Lembrando sempre que é essencial consultar o seu médico para saber se você está apto a realizar qualquer procedimento médico e para saber qual é o melhor protocolo terapêutico para o seu quadro clínico. 

O procedimento de ligadura elástica possui orientações específicas que você pode encontrar aqui no nosso site, caso tenha interesse em saber ainda mais sobre o procedimento.

Diretor Técnico: Dr. Luiz Fernando Abrahão
CRMMG: 18674
RQE: 10553

Rolar para cima